Por que os canais fascinam tanto




 O chart aí de cima é da ORCL, ação da Oracle, é uma das minhas preferidas quando opero NASDAQ. Coloquei aqui para ilustrar a formação de "canais". O engraçado é que esses canais, quando horizontais, lembram um pouco os canais de preços de alguns "mergers" (= fusões), o legal é que ações um tanto voláteis e com bom volume (como a ORCL...) oferecem ao longo do dia diversas oportunidades nesses canais. (Que não são tão parados como muitos papéis de fusões, há maior variação de preços).

Cada candle no chart representa um minuto. E´ possível perceber que o canal tem uma largura de $0.06 (preste atenção na linha horizontal amarela, estou falando do canal que se formou em seguida à abertura de Mercado hoje), trabalhando com um lote de 100 ações você faria $6. Como é um canal que durou bastante tempo, seria possível também "surfar" nessa onda de preços acumulando aí uns $30 sem muito esforço (entre bids e shorts...) (há uns 25 candles dentro do canal, os $30 foram apenas "sugestivos"....)

Fico imaginando quando a BM&F tiver um volume assustador como há no Mercado Americano. Muitas regras e estratégias aqui no Brasil terão que mudar. Custos de corretagem terão que diminuir, porque se não reduzirem, canais oferecidos por vários papéis não poderão ser aproveitados...



Após um certo tempo verifiquei a formação de outros canais no mesmo papel. Abaixo está o chart atualizado para apreciação:






Comentários

  1. PS: O novo layout do blog não permite ver a figura como um todo. No outro lado (o lado cortado) tem o "range" de preços.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MiniCurso Análise Técnica/Gráfica Cap 3 #MercadoFinanceiro

MiniCurso Análise Técnica/Gráfica Cap 1 #MercadoFinanceiro

MiniCurso Análise Técnica/Gráfica Cap 5 #MercadoFinanceiro