A mão invisível pede esmola!

A crise financeira, que se diz mundial, atacou na verdade a maior economia compradora do mundo e começou em um modelo de negócio que não existe ainda no Brasil.

As razões dessa crise afetar o Brasil:

1) Evasão de divisas para se pagar dívidas lá.
2) Empresas estrangeiras (situadas no Brasil) reduzindo a OFERTA pelos mesmos motivos de (1)


Essa é a principal razão da crise afetar o Brasil. Em um mundo que preza a competição, o mercado, etc, nós estamos sendo solidários junto com o resto do mundo à maior economia compradora do mundo.

O engraçado é que nossos atuais governantes criticavam o Governo FHC quando da abertura econômica que ocorreu paralela às grandes crises. Lembra?

Naquela época, é óbvio, num governo neoliberal como o de FHC não se poderia falar em uma lei de Remessa de Lucros, mas tivemos um aumento de compulsórios o que afetou justamente as transações entre bancos, transações internacionais, a base da evasão de divisas ou melhor: O meio por onde ela se dá.

O Governo Lula não fez nada de concreto para conter nossas divisas. Ainda.

E agora, criaram a "razão" da crise brasileira jogando a culpa no financiamento de carros usados.

O que fazer?

Temos ainda esperança de ver toda essa grana voltar. Vai ser difícil manter o Grau de Investimento, acredito eu, mas se mantivermos o esforço e a nossa liquidez não for para o espaço acredito que consolidaremos o status que esse País merece e quem sabe, nos tornaremos uma praça financeira para o mundo.

O Brasil tem regras bancárias muito diferentes daquelas praticadas nos EUA. Bancos de Investimento lá brincaram com alavancagem e para delírio da Escola de Chicago; sim, jogaram a teoria no lixo. Não quando a crise deu sinais de vida e sim quando começaram a criar mais dívidas, a tranformar um dólar em 16 dólares (até mais que isso...).

E que diabos esse cara de esquerda que vos escreve está querendo dizer?

Não se assuste mas se não conhecemos as regras do jogo a gente não anda direito na contramão da história. E como ser humano (ou como diz um amigo meu que faz letras: "o çerumanu é um ser questionável...") eu tenho minhas contradições e confesso: E´ muito legal reduzir o mundo a continhas, EVA, MVA, CAPM etc... Adoro isso, cálculo de risco, ganhos com alavancagem, puts, é muita emoção.

E voltando ao assunto, quando se anda na contramão da história você atrapalha quem está no timão; no leme, no volante etc... Isso para você estar no volante em breve.

Veja que contradição: Nós temos a faculdade de questionar e mudar e somos livres para decidir, mas a sociedade em geral quer algo estático, SEGURO e que não dê dor de cabeça.

Nascemos para TER dor de cabeça e a evitamos. A dúvida nos ensina a pensar mas amamos a certeza e ainda assim o homem é aquele animal que tem capacidade de pensar e agir. Isso sim é contradição.

A cria é imagem do criador. As regras econômicas é que ditam o comportamento da sociedade.

Logo: Nosso sistema dúbio, que quebra de vez em quando e há milhares de anos que consertamos através de um aparelho é aquela certeza que não queremos pensar se vale o risco ou não.

Entende o que quero dizer?

"O sistema dá certo há milhares de anos seu esquerdista!"

Imagine uma torre, ás vezes ameaça ruir, então se colocam estruturas que a seguram. Depois se tiram essas estruturas e a torre continua lá até ameaçar ruir novamente qdo então repetiremos a mesma técnica... usaremos estruturas... Assim por diante.

E a sociedade esbraveja: O sistema dá certo há milhares de anos seu esquerdista!


Sinto falta da dúvida.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MiniCurso Análise Técnica/Gráfica Cap 3 #MercadoFinanceiro

MiniCurso Análise Técnica/Gráfica Cap 1 #MercadoFinanceiro

MiniCurso Análise Técnica/Gráfica Cap 5 #MercadoFinanceiro